Alberto da Cunha Melo no Circuito da Poesia do Recife

0
Belíssima editação da poesia de Alberto. Acesse:
A atriz fez alguns recortes dos seguintes poemas:
Ergonomia, Canto dos Emigrantes, Aos Mestres com Desrespeito e
CONSELHO AO DEGREDADO
Faz de conta
que você tem
o dinheiro suficiente
ou a miséria absoluta
para ouvir esta chuva,
alegrando as árvores
e dando, de certo modo,
alguma dignidade ao crepúsculo;
faz de conta que está chovendo
apenas para você.

(In “Poesia completa”. Ed. Record, 2017, p. 881)
CIRCUITO DA POESIA DO RECIFE 
Este, sem dúvida, é um marco na relação da cidade com seus poetas mais icônicos. O Circuito da Poesia do Recife, na verdade, já existe há um bom tempo, e vem crescendo ao longo dos anos. Hoje temos 18 poetas, entre homens e mulheres, homenageados com estátuas, em tamanho natural, espalhadas pelas praças, parques e calçadas da cidade que, a partir de agora, ganha um verdadeiro banho de requinte e ludicidade, com a interpretação de seus textos, em pequenos filmes, feitos por grandes atrizes e atores da nossa terra.
Uma iniciativa da Secretaria de Cultura do Recife / Fundação de Cultura Cidade do Recife, em parceria, mais que essencial, com o SESC-PE. O resultado final é um verdadeiro deslumbre de imagens, sons e poesia, no seu mais puro estado de encantamento. Ficou tudo lindo.
Vai ai nesse link e vê, tu mesmo/a, a lindeza que ficou tudo isso! Lembrando que, cada estátua, conta com um mapa de todo o Circuito, QR Code, que te leva diretamente a uma página onde você encontra o conteúdo a respeito do homenageado, em vídeo, áudio, linguagem de libras, legendas em português, espanhol e inglês, além de uma minibio.
Um trabalho primoroso. Vale o passeio!
Compartilhar.

Powered by themekiller.com